Primeiro Momento da Avaliação    
 

 

A Comissão de Avaliação das Escolas Médicas da ABEM conclui o primeiro momento do Projeto “Avaliação de Tendências de Mudanças no Curso de Graduação das Escolas Médicas Brasileiras”, enviando a análise dos resultados da aplicação auto-avaliativa do instrumento oferecido no projeto a cada uma das trinta e três escolas participantes.

Após a conclusão da análise dos instrumentos das escolas pela CAEM foi elaborada a carta de encaminhamento que acompanha os resultados remetidos aos coordenadores e/ou responsáveis pelo envio do instrumento respondido pelas escolas, com cópia para os Diretórios Acadêmicos respectivos.

Entre várias providências para dar retorno às escolas foram definidas as seguintes estratégias para divulgação e extensão deste Projeto:
1º.) contatar, via Secretaria da Executiva, as Regionais da ABEM para agendar reuniões que visem desenvolver e descentralizar o trabalho da Caem/ABEM, na construção do processo avaliativo proposto para o primeiro e o segundo momentos do Projeto;
2º.) providenciar a publicação do material, resultados e análises dos trabalhos já elaborados na forma de artigos.

RESULTADOS GERAIS DO GRUPO DE ESCOLAS QUE PARTICIPAM DO PROJETO

Tipologia de tendência de mudanças em trinta escolas médicas que aderiram ao projeto da Caem/ABEM, e percentuais das alternativas predominantes nos cinco eixos de relevância segundo a percepção de seus atores sociais ao implementar o currículo no curso de graduação – Brasil, 2006

Conjunto de figuras representativas das tendências de mudanças no curso de graduação médica do grupo de 28 escolas que realizaram o primeiro momento do projeto da CAEM/ABEM – Brasil, 2006


Tipologia de tendência de mudanças de vinte e oito escolas médicas brasileiras que realizaram o primeiro momento do projeto da CAEM/ABEM – Brasil, 2007

Tipologia de tendência de mudança em 28 escolas médicas brasileiras e a percepção dos seus atores sociais de cada escola nos cinco eixos relevantes no curso de graduação – CAEM/ABEM, 2007

Os dezessete vetores nos cinco eixos relevantes na avaliação das tendências de mudanças no curso de graduação de vinte e oito escolas médicas brasileiras e o resultado obtido nas três alternativas – CAEM/ABEM, 2007

O conjunto deste grupo de escolas brasileiras mostra um perfil com predomínio da tipologia avançada (A) e inovadora com tendência avançada (Ia). Ou seja, a maioria das escolas deste grupo percebem no seu cotidiano acadêmico situações predominantes condizentes com as Diretrizes Curriculares (CNE/CES, resolução nº. 4, 2001).

A tipologia das tendências de mudanças da formação médica na graduação é dada, neste estudo, pela percepção dos atores sociais da escola, no que se refere às políticas e ações predominantes situadas em cada vetor apresentado no instrumento, o percentual conferido e a relevância na visão do conjunto. Os cinco eixos apresentados em vetores têm função didática, que possibilita melhor delinear a análise dos movimentos de mudanças na implementação do programa curricular. As ações efetivadas em um ou outro vetor, à medida que alteram ou não conteúdos, relações e/ou processos, são indicadores do quanto às escolas estão avançando ou resistindo às mudanças preconizadas. A continuidade do trabalho será importante para a consolidação do processo de avaliação das Escolas Médicas.

Voltar